sábado, 17 de abril de 2010

O AMOR É UMA CONSTRUÇÂO...É UMA DESCONSTRUÇÃO.

Não tenho plena certeza quanto a descoberta do amor na vida ser uma sentimento gostoso, do sentir-se amado ser necessariamente uma condição de ser feliz ou de ser amado e ser correspondido como algo delicioso. Por vezes, amar é um tormento,uma construção dolorosamente expecional cada vez que se ama. A reciprocidade amorosa, é unir o sim com não do outro, e isso é dificil. As pessoas comentam o contrario disso, dizem que amam tranquilos e em paz com referência as proprias experiências. Mas, percebe-se por vezes solitariamente amando e noutras pior ainda, na dualidade de ambos os envolvidos se perguntando: E agora? Embora haja outras pessoas envolvidas na relação: parentes, amigos e etc e tal coagindo para manter a relação.O amor se perde.
Quando se ama, no entender mais amplo da termo amor, os sentimentos são levados ás mais "dificeis ginásticas" existenciais.Questionamentos implacaveis sobre o objetivo da vida e outras situações embaraçosas. Vexames em publico, fica-se mais sensivel aos acontecimentos. Porque amar é também um questão social que na modernidade foi ganhando relevancia para os mais diversos setores e segmentos sociais. Já imaginou se as pessoas parecem de "cultivar" a atividade de namorar? O quanto menos ligações telefonicas haveria,mensagens de amor e cestinhas com presentes de aniversario praticamente desaparecia, saida para restaurantes, o desinteresse por novelas e outras situações que vivemos porque estamos supostamente "apaixonados". Os psicologos e especialistas estariam sozinhos em seus consultorios. Isso porque estamos refletindo sobre o amor entre duas.
Primeiro, aceitar o "amor" gera ansiedade que começa a se espalhar pela vivencia quando ele vem violentamente ( isso mesmo, violento) com força e é igual ao vento que invade um quarto e apaga a vela acesa e escancara a porta encostada. Ama-se no escuro as cegas e com o ar sem circular muito bem. Tem que ter a capacidade de sublimar e transfigurar em arte o desejo recolhido e esmoteado. Depois querer ser amado e correspondido na mesma medida quantificadora, se é que há medidas para isso, é dose...Então, já se foi meio mundo de sono perdido, porçoes gigantescas de remedios contra dor de cabeça e por ai se vai, até o sim do outro ser amado.
Menos complicado e indefinido do que caos amoroso no outro: palavras viram metaforas, assombrações se reencarnam nos gestos, pensamentos emergem sem mais nem menos...Confunde-se amor por amizade, rótulos apenas isso, amor ou humor...Já não há limites e fronteiras estabelicadas entre o eu e o outro, estamos perdidos. Álias, cada vez que amamos alguém nossos parametros sociais são refeitos.
A experiência de amar é tão subjetivaa para nós e para o mundo que vivemos, pois sem elas não saberiamos dimencionar sempre o sentido de estar vivos e a propria coletividade. Aguentar a rotina diaria e projeta-se para o futuro realizando os objetivos que queremos e que agora são importantes porque amamos.

11 comentários:

s@avio20 disse...

Não acho que para sermos felizes precisamos estar namorando alguém.
Nesse tipo de relação, acredito ser o mais difícil a correspondência na mesma medida...que nunca é!
Insistimos nos rótulos, apesar de lutarmos contra eles...prefiro dizer que amo um amigo, pois existe nessa
presunção sentimentos mais nobres, menos egoístas e mesquinhos.

Arylane disse...

O Amor é uma construção por que é através dele que em nossa vida á formas de sermos amado, de conquistar a felicidade, de unirmos um ao outro é uma forma de que o amor é uma construção.
E uma desconstrução, em todo ou seja qualquer relacionamento amoroso o amor se torna muitas vezes dolorosamente de alguma forma seja por opiniões, um sim de um com o não do outro, isso como diz o texto é dificíl.
Também Concordo que para sermos felizes não precisamos namorar.Mas por uma parte citada no texto concordo que se paracemos de cultivar essa atividade de "namorar" já não mais existiriam as mesmas situações que vivemos do amor entre dois.
Sabemos e devemos aceitar o Amor da forma que ele vem muitas vezes (violento), mas devemos encarar essa fase com o objetivo de mudá-lo pois o importante e sermos felizes e amados.

Arylane Kaline
Colégio Jelm-1°ano Ensino "M"

Peepop disse...

O amor com certeza constrói e destrói os seres humanos, amor é um sentimento desconcertante, pode trazer ou não a felicidade de alguém!

G. Rafaelly disse...

Gostei...
Verdade, sem o amor o mundo praticamente não é nada... Também depende do amor né! Tem o amor de mãe(amor de familia) e tem o amor de amigos, de namorado que totalmente diferente.Mãe é mãe não se compara, aquele amor carinhoso, amor de proteção e cuidado. Já amor de amigo e namorado é aquele que as pessoas não sabem bem o que é, é um carinhoso que as veses dura pra sempre, e outras que duram muito pouco pra certas pessoas que não sabem amar, não saber o significado do amor. Tem uma parte no texto que diz que imagine se não tivesse amor/namorados como seria: teria uma redução enorme de ligações telefônicas, de mensagens, a internet nem sempre estaria congestionada... e tudo isso é verdade, "devemos agradecer ao amor" rsrs porque sem ele muitas pessoas não sobreviveria no undo de hoje... :)
By: Geórgia Rafaelly 2º ano Colégio Equipe

LiciinhaH disse...

Até que o AMOR é uma construção,sim uma construção de novos sentimentos,carinhos e com eles novos problemas,também é uma desconstrução, pois antes de AMAR você acredita em coisas que podemos até dizer que não existem. Existe vários tipos de amor, aquele que vem do AMIGO o "tal" sem malicia,o do namorado que é bastante significativo,o da família que é um tipo de amor fraterno.Sem o AMOR no mundo, estavamos completamente perdidos, ele praticamente segura tudo por aqui ou você acha que o Orkut,MSN e tal'z foi criado só pra se construir "AMIZADES" ?,tudo vem com base no amor,tem até dia inspirado nele " DIA DOS NAMORADOS" e se pararem de "cultivar" o amor tudo por aqui se acaba viu . shuashuashuashau ;*

Poor: Maria Alice 2°ano Colégio Equipe

clayrton disse...

o amor uma palavra tão simples ,e ao mesmo tempo tão complicada. o amor é um sentimento que mexe muito com o ser humano sem duvidas, são raros o caso em que o amor sempre vai continuar num determinado ponto onde não venha a se desgastar. o amor é literariamente: um sentimento onde um ser que o bem do outro,sua absoluta devoção . mais isso não acontece pois na nossa sociedade isso não se realiza. o amor para mim é apenas mais uma fase do ser humano , como nascer morrer e etc....
clayrton 2° ano

Nágylla disse...

O amor no meu ponto de vista é uma construção e também uma desconstrução, em primeiro lugar a construção do amor se dá pelas qualidades do sentimento maravilhoso que se chama amizade. O fato de amar é ceder e compreender entre ambas as partes é saber se comunicar e não querer vencer uma discussão pra ver quem fala mais alto. É também saber ouvir e respeitar a opiniões diferentes. E quando há problemas numa relação, as coisas não são resolvidas com um simples beijo, mais sim com o respeito e principalmente a compreensão. Essa palavra tão pequena, mais que envolve tantos gestos, também ensina a nós seres humanos aprender a aceitar o outro, mesmo ele sendo diferente da gente.

A partir do momento em que o amor passa a ser uma desconstrução, é uma devida ocasião onde ele passa a ser uma ilusão, quando não há mais respeito e compreensão, onde as pessoas começam a ter problemas e a resolverem de forma mais complicada, e será um instante que haverá dor.

Mais o que seria de nós sem esse sentimento? NADA.

Nágylla Déllys - 2º ano - Colégio Equipe

kataline disse...

Eu concordo que o amor seja uma construção pois não dá pra conhecer uma pessoa e no mesmo instante afirmar que encontrou sua cara metade,alma gêmea etc,isso só poderá acontecer depois de um longo tempo onde o casal comece a se conhecer melhor sabendo os defeitos um do outro.
Considero também que seja uma desconstrução pois muitas vezes não sabemos lidar com os defeitos do parceiro começando com as discórdias,brigas,separações etc.
Já o amor em família não tem problemas desse tipo,o amor que encontramos na família não encontraremos nos amigos,namorados,maridos etc.Pois é algo mais intenso que não vai acabar com uma traição,mentiras,ciúmes etc...
Bjsssss Costinha...

Andressa da Silva Paula Nº3
2º ano COLEGIO EQUIPE

kataline disse...

O amor pode-se dizer que é uma construção, por nós seres humanos espresarmos nossos sentimentos para as pessoas que estão ao nosso redor e que gostamos da presença desta pessoas perto de nós. Como o amor entre família que eu considero o mais sincero dos amores, mas que as vezes por causa de outros sentimentos tão amargos acabam destruindo este maravilhoso sentimento que é o AMOR.
O amor é um sentimento que não acontece em um primeiro olhar, como dizer:"AMOR A PRIMEIRA VISTA!",se nunca viu a pessoa e nem falou como pode dizer que estar á amando.O amor é toda uma construção por convivência.
Já o amor uma desconstrução é quando em um relacionamento na há mas respeito,não conseguem entrar em um acordo e só tem discusão e mas discusão, e chegam em um determinado ponto em que começam as ofensas que destrói todo o amor que ali foi construido.
Se este sentimento tão falado fosse tão facíl de ser compreendido, pode ter certeza que não estamos falando da mesmo sentimento de AMOR.Pois o amor tem que se construido de tal forma que em primeiro lugar venha o respeito entre ambos.


Kataline Aquilino da Cruz nº25
2ºano Colégio Equipe

Dr. disse...

O amor e um sentimento de idade, quando agente e criança agente se apaixona por nosso pai ou nossa mãe. Quando ficamos adolescentes cada mês amamos uma pessoa diferente e quando agente esta na fase adulta e estamos casados o amor não e o mesmo que o adolescente por mais que agente não goste da pessoa que estamos juntos, vário motivo faz com que o relacionamento não se acabe por ex: filhos; casa; família; etc. O amor e um sentimento de varias fases quanto mais velho agente esta mais difícil fica o amor.

Dr. disse...

O amor e um sentimento de idade, quando agente e criança agente se apaixona por nosso pai ou nossa mãe. Quando ficamos adolescentes cada mês amamos uma pessoa diferente e quando agente esta na fase adulta e estamos casados o amor não e o mesmo que o adolescente por mais que agente não goste da pessoa que estamos juntos, vário motivo faz com que o relacionamento não se acabe por ex: filhos; casa; família; etc. O amor e um sentimento de varias fases quanto mais velho agente esta mais difícil fica o amor.

JOSE RICARDO ROSEMRIO DUARTE N°22 2° ANO